quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Curiosidades e Nostalgia Caiçara

Post especial para os Apreciadores dessa cidade tão linda, Santos!
Venha conferir algumas curiosidades super nostálgicas sobre a cidade caiçara mais amada do Brasil.

1. Ponta da Praia: Grande parte de seus moradores eram japoneses e, por conta disso, a economia girava em torno da pesca e horticultura.


2. Monte Serrat: A escadaria que dá no topo do morro tem 415 degraus. A subida é dividida em 14 nichos (cavidades nas paredes, onde são colocadas estátuas ou painéis) que representam a via sacra.


3. Gonzaga: O local onde está a Praça da Independência era uma lagoa.


4. Chico Buarque: Em Santos, Chico foi preso por ter derrubado um muro, na companhia de amigos. Era Rebelde esse Chico!


5. Trólebus (veículos que funcionam à base de energia elétrica): Com a chegada dos trólebus, Santos passou ser uma das poucas cidades da América Latina que contavam com mais de duas alternativas para o transporte público. O orgulho era tão grande que existe a lenda que alguns trólebus eram lavados com Shampoo por seus funcionários, devido ao tamanho cuidado e apreço que se tinha por eles.


6. Fonte Itororó: A cantiga “Fui no Itororó beber água e não achei” foi inspirada nessa fonte que fica localizada no pé do Monte Serrat!


7. Heavy Metal: Santos já foi a Capital do Rock Nacional. No início dos anos 80, uma danceteria montada no térreo de um dos prédios da avenida da Praia, mais precisamente no Bairro Boqueirão, se tornou um espaço icônico, que até hoje é lembrado pelo seu pioneirismo e arrojo no empreendimento, batizado como Heavy Metal.
A danceteria foi implantada no espaço que antes era ocupado pelo extinto Cinema 1, na Avenida Vicente de Carvalho, 18, em frente a Praia do Boqueirão. O empresário Toninho Campos, que hoje responde pela rede de cinemas Roxy, foi o responsável pela criação da danceteria. Foi através do santista Toninho Campos que o litoral vivenciou o cenário underground londrino na época do pós-punk. Bandas como Devo, Siouxsie and the Banshees e The Cure se tornaram parte do repertório dos djs da danceteria.


8. Caipirinha: Sabia que o drink mais famoso do Brasil é originalmente santista? Isso mesmo, foi aqui que o drink conhecido mundialmente como ícone brasileiro começou sua história. 
A ligação com Santos se dá por um fato simples: o primeiro engenho de açúcar brasileiro ficava aqui, no Morro da Nova Cintra. E, para ter cachaça, é preciso ter cana de açúcar. Genial, né?!


9. Legião Urbana: 14 de Janeiro de 1995, foi aqui em terras caiçaras, mais precisamente na saudosa Reggae Night, que a gloriosa banda de rock Legião Urbana fez a sua última apresentação ao vivo.O público, estimado em 1.000 pessoas – número pequeno para o sucesso da Legião, mas lotação máxima da casa do Morro da Nova Cintra –, chegou cedo. Os portões foram abertos às 22 horas, o show tinha início marcado para 00h30.
Eufóricos, receberam Renato ao som de Será, que abriu a apresentação. Naquela noite, 23 músicas foram apresentadas, em cerca de 1h45 de show. Houve um episódio bem chato onde uma latinha foi arremessada no palco e, que deixou Renato Russo bem irritado.


10. Menudos na Vila Belmiro: O grupo porto-riquenho que fazia as meninas dos anos 80 perderem a cabeça se apresentou no gramado da Vila em 17 de março de 1985. Esse foi o final de uma turnê de 20 dias em território brasileiro.


Bom, espero que tenham gostado do nosso post. Conte-nos a sua melhor memória caiçara.
Até o próximo post!

Fonte:
- site "Juicy Santos"
- Blog "Blog n' Roll"