quarta-feira, 21 de março de 2018

Santos Nostálgica - Parte 2

Resultado de imagem para santos antiga

Chegamos com o nosso post semanal e, como houve uma boa visibilidade e muitos comentários, resolvemos fazer a parte 2. Vamos relembrar um pouco mais da nossa cidade querida? Bora lá!
1- Bar do Torto
Resultado de imagem para bar do torto santos

Fundado em 23 de Agosto de 1984, o Bar do Torto fechou as suas portas recentemente porém já deixa saudades. Um bar pequeno que recebia muita gente e dava oportunidade para muitos músicos da região, era assim que o Bar do Torto se mantinha até o encerramento de suas atividades. Bons tempos de torto, né?!

2- Festa "Inverno Quente" no Emissário
Hoje mais conhecida como "Festa Inverno Santos", a antiga Festa "Inverno Quente" era realizada todos os anos no Emissário Submarino, uma grande festa que reunia boa comida, brinquedos, diversão e atrações musicais. Era um verdadeiro parque de diversões ao ar livre. Além disso tudo, era beneficente. Infelizmente a estrutura passou a ser em outro local (Arena Santos) mas o objetivo continua sendo o mesmo: Ajudar as Entidades Beneficentes!

3 - Breezy 
Resultado de imagem para breezy santos

Não conseguimos fotos melhores do local, porém está aí uma boa lembrança da geração dos Anos 2000. Quem não lembra das baladas de lá? Onde você encontrava as mesmas pessoas que você via no colégio ou em qualquer outro local de Santos... Eram as mesmas pessoas mas nunca era a mesma coisa, a Brezzy estava sempre lotada! Taí um local que marcou toda uma geração!

4- Palace Hotel
Palace Hotel, no bairro do José Menino, em cartão postal datado de junho de 1916 por um hóspede. O hotel foi inaugurado em 5 de março de 1910 por Manuel Alves Tomás, com esculturas francesas, lustres de cristal e outros detalhes luxuosos. Ali funcionou um cassino até 1946, quando o jogo foi proibido no Brasil.
O hotel hospedou famosos como o governador paulista Adhemar de Barros; os cantores Cauby Peixoto, Moacir Franco, Nelson Gonçalves e Ângela Maria; e o ex-presidente Jânio Quadros. Foi vendido em 1964, seguindo-se o leilão dos móveis e utensílios e a demolição desse prédio.


5- “Leiteria e Confeitaria A Paulista”
Resultado de imagem para “Leiteria e Confeitaria A Paulista”
Essa é bem antiga, hein?! Foi esse fabuloso local que introduziu o Sorvete no gosto do público Santista, bem no período pós guerra. Ela ficava localizada na Rua João Pessoa, 36.
A Leiteria reservou boa parte de seu espaço físico à sorveteria, instalando amplos balcões de granito e prateleiras de cristais, além de outras peças que guarneciam o recinto, tudo disposto em estilo elegante e harmonioso, cujos trabalhos de montagem estiveram a cargo da firma A. Martins & Cia. Ltda.

Tão logo abriu as portas para o público local e veranistas de passagem pela cidade, “A Paulista” testemunhou um grande número de clientes ávidos para experimentar os deliciosos sorvetes cremosos, fabricados nos sabores creme, coco, abacaxi e “spumoni” com “chantilly”. O local também servia toda sorte de refrescos, fazendo lotar as mesinhas dispostas no amplo salão da casa.Infelizmente, a Leiteria e Confeitaria fechou suas portas nos idos dos anos 1960.
6- Hong Kong Palace
hongkong7
O Hong Kong Palace abria suas portas oferecendo algo inédito em Santos: a típica culinária cantonesa (Cantão  – ou Guangzhou – é a terceira maior cidade da República Popular da China), primeiro sob a batuta da família Lee e, logo depois, no comando de Jorge Luo Tsoung Jyh, imigrante cantonês chegado ao Brasil em 1970, que fez do estabelecimento um importante ponto de referência gastronômica. Encerrou suas atividades na década de 90, depois do falecimento da matrona da família de Jorge.
Bom, espero que tenham gostado dessa continuação que fizemos com tanto carinho pra vocês. É uma mescla entre acontecimentos mais recentes e os mais antigos, porém todos muito marcantes para a nossa história Santista. Deixe o seu comentário, qual outro lugar que marcou história aqui em Santos? Conte pra gente!
Até a próxima!!!

Fontes:
Sites: "Diário do Litoral"
"Novo Milênio"
"Memória Santista"