sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Veja estas dicas de Presentes para Crianças!

Todo mundo sabe que os pequenos adoram ganhar brinquedos, ou pelo menos essa é a crença geral quando o assunto é dar presentes para crianças. Seja na data do aniversário ou em outras comemorações, o certo é que meninos e meninas estão sempre esperando por um agradinho.
É muito importante que as crianças entendam que o gesto de presentear é o mais importante, e dar vexame porque não curtiu aquela cueca de bichinho ou a blusa de malha não vale. Agradecer e dar valor é sempre bacana! Mas, por via das dúvidas, daremos umas dicas que podem te ajudar a acertar em cheio o gosto das crianças que você quiser agradar. Confira!

Presenteando os pequetitos

Crianças muito novinhas, menores de um ano, por exemplo, estão em pleno desenvolvimento. Existem brinquedos feitos com materiais hipoalergênicos e que não machucam (sem pontas, sem quinas, com pedaços maiores para não serem engolidos, etc.) que podem agradar não apenas os filhos, mas os pais também. Os brinquedinhos que podem ser levados pro banho, coloridos e macios, fazem a alegria dos bebês. Vale mencionar também as roupinhas, já que o crescimento rápido faz com que tudo se perca rapidinho.

Depois do primeiro aninho

Quando já estão maiores, entre 2 e 5 anos, as crianças já têm mais consciência do que ganham e de como podem aproveitar os presentes — e, geralmente, os brinquedos são os maiores acertos! É importante, nessa etapa, manter os cuidados com o tipo de material e tamanho de peças. Nas próprias caixas de jogos e brinquedos há uma classificação etária sugerida, que serve justamente para indicar os perigos do que será dado às crianças. Carrinhos, bonecas e jogos menos complexos são boas ideias.

Depois dos cinco

Na faixa dos cinco anos, muitas crianças ganham velocípedes, bicicletas com rodinhas auxiliares, patinetes e outros brinquedos do mesmo tipo. É importante saber dos pais quais são as condições dos pequenos para aproveitar presentes para crianças que dependem de espaço, dias ensolarados e adultos vigiando. Nessa etapa, também já agradam jogos pedagógicos, como os jogos de memória, quebra-cabeças, livros e manuais de desenho, além de, claro, os famosos joguinhos eletrônicos.

Perto dos dez anos

Uma criança que se aproxima dos dez anos de idade já tem traços de pré-adolescência. Jogos de videogame e de tabuleiro que exijam mais da inteligência costumam distraí-los bem, e até mesmo roupas e tênis podem começar a fazer um certo sucesso.

Adolescentes

Adolescentes já não são crianças, mas vale a dica: essa geração é consumidora voraz de livros que contam sagas de aventura e fantasia. Pode ser uma boa!
É fundamental conhecer um pouco os hábitos e a cultura familiar para acertar no presente das crianças. Armas e espadas, por exemplo, são controversos e podem não fazer sucesso junto aos pais. Além disso, meninos e meninas podem ter comportamentos bem distintos e é preciso ver o que a família pensa (e ensina) sobre alguns itens.
No entanto, se o presente vai para uma criança com quem se tem menos contato, algumas opções podem ser mais neutras e agradar assim mesmo. É o caso de jogos, livros e até objetos de decoração para o quarto.
E então, quais são os presentes ideais para os pequenos? Anote nossas dicas e confira as nossas opções de presentes para crianças!