sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Quais são as flores comestíveis?


Flores são bonitos presentes para se dar a alguém amado ou ótimos ornamentos para deixar a casa ou o jardim mais alegres, mas você sabia que elas também têm se tornado um importante ingrediente da gastronomia? Por incrível que pareça, algumas flores, ou pétalas de flores, são ingredientes perfeitos para pratos, molhos ou até sobremesas, especialmente durante o verão e a primavera. Mas como saber quais tipos de flores podem ser consumidos e com o que elas combinam? Conheça agora 8 flores comestíveis:

Amor perfeito

O amor perfeito é uma flor de pétalas delicadas e coloridas, muito utilizada na decoração de pratos como saladas e e sobremesas. A medicina chinesa acredita que ela tem propriedades medicinais, podendo ajudar a aumentar a diurese (diminuindo edemas e retenção de líquidos) e também ajudando no tratamento das dores de cabeça. O amor perfeito tem um sabor adocicado e suave e tem uma textura um pouco mais aveludada e, por esse motivo, podem combinar com tortas, aromatizar vinagres e complementar outros pratos frios.

Calêndula

A calêndula é uma flor muito parecida visualmente com a margarida, porém tem pétalas de cor laranja ou amarela. Seu sabor é picante e por isso foi muito utilizada na Idade Média para substituir o açafrão no tempero de pratos como o arroz, saladas e sopas. Ela também é uma planta com poderes medicinais, já que é rica em vitamina C, que é um nutriente importante na cicatrização e no fortalecimento do nosso sistema imune.

Lavanda

A lavanda é uma flor mais conhecida por seu aroma que é utilizado para dar cheiro bom a itens de limpeza, porém essa característica também é muito interessante na culinária. Ela tem um sabor adocicado e seu aroma é um ótimo ingrediente para refinar bolos, biscoitos, pães e saladas. No continente africano é possível encontrar um mel produzido através dessa flor, valorizando ainda mais o doce característico da planta.

Hibisco

O hibisco é uma flor que tem relação antiga com a culinária, já que é ingrediente tradicional de um chá medicinal extremamente conhecido e consumido. Essa flor tem propriedades diuréticas, calmantes, laxantes, antioxidantes e emagrecedoras e, além de ser consumida como chá, ela pode integrar receitas de bebidas alcoólicas e de saladas. Seu sabor é cítrico e frutado.

Flor de nastúrcio

A nastúrcio é uma flor muito peculiar para a culinária, já que dela se aproveita não somente as pétalas, mas também as folhas e as sementes para poder incrementar e decorar pratos. Ela apresenta um sabor discretamente picante, que combina muito com uma salada de folhas, acrescentando essa característica ao prato. A flor de nastúrcio também é consumida como chá, já que é rica em vitamina C, que é um importante antioxidante natural da nossa alimentação.

Rosas

Rosas são flores muito comumente consumidas ao redor do mundo. Seu sabor doce, suave e agradável combina bem com saladas, pratos frios, fritos e até com frutas. As pétalas de rosa também são um conhecido ingrediente de um chá digestivo, já que elas ajudam a diminuir o desconforto gástrico após uma refeição ou durante longos períodos de constipação.

Girassol

A semente e o óleo de girassol são ingredientes tradicionais da culinária atual, pois são ricas em ácidos graxos nutricionalmente importantes para a nossa saúde. O consumo das pétalas, entretanto, também pode ser adicionado a nossa rotina, já que elas casam muito bem com saladas graças a seu sabor suave e refrescante. Algumas pessoas optam por consumir também os botões florais do girassol na sua forma cozida, já que a medicina alternativa afirma que eles tem capacidade de ajudar no tratamento de febres e diarreias.

Flor da abobrinha

A abobrinha é um alimento bastante popular na Itália, integrando várias receitas tradicionais do país. A flor de abobrinha também é bastante admirada por italianos, já que é versátil e pode ser consumida frita, empanada, recheada ou crua, integrando saladas, massas e risotos. Essa flor também é relacionada com a capacidade de tratar infecções intestinais, agindo como um vermífugo natural. Além disso, ela é rica em vitamina C e flavonóides, dois compostos nutricionais essenciais para o combate à ação de radicais livres.
Essas são as flores comestíveis mais conhecidas e utilizadas por experts da culinária mundial. 

Você já consumiu alguma delas em alguma receita? Ficou curioso para experimentar? Conte pra gente!